FUTURO DO PRESENTE

Atualizado: 29 de Ago de 2018

Você que produz ou vende algo em seu bairro ou cidade já parou para pensar onde você vai chegar?




Não é aquele discurso clássico de "como eu me vejo daqui a X anos" e sim sobre como o que você está fazendo hoje te levará a algum lugar no futuro próximo.

Com as constantes mudanças no mundo, sejam elas políticas, sociais e tecnológicas os negócios tendem a ter novos formatos, novas formas de abordagem e porque não, novos conceitos. Aquele padrão de negócio que conhecemos ontem, pode hoje não mais funcionar e no futuro tender a falir.

Vejamos senão uma utopia: Talvez você almeje seu negócio como uma Grande e Espetaculosa empresa, em um grande formato, com muitos funcionários, carros, secretárias, etc. Ok ótimo, visionariamente seria o topo da cadeia alimentar, e sim isso pode vir a ocorrer, e hoje você é o dono de tudo isso. Wow que Felicidade!!!

Dias passam e um grupo de orientais (utopia lembre) quer fechar negócio com você, formar parceria. Você então, orgulhosamente, como o antigo leão de abertura dos filmes da MGM(*) mostra todo o seu Parque Industrial ao grupo interessado.

Atônitos os japoneses perguntam: "Mas você precisa de tudo isso para produzir?"

...Minuto de silêncio para reflexão...


Grandes projetos necessitam de muitos gestores

Na realidade dos atuais dias, olhando-se no espelho, a sua utopia visionaria realmente caberia no seu negócio? Os custos que envolveriam toda a logística para que essa empresa funcionasse possibilitariam a um preço justo para o seu cliente? E teria essa mesma empresa como concorrer em novos mercados com agilidade?

Essas e outras perguntas valem também para o sentido contrário, vejamos: Ótimo, você já se estabeleceu, sabe bem como funciona seu negócio e conhece muito bem os seus clientes, sabe aniversário, quem casou, quem mudou, tudo, tudo a respeito de quem? Dos mesmos clientes. Consegue perceber que os "mesmos" clientes, nesse caso, envelheceram ( no sentido de maturidade), logo já não fazem as mesmas escolhas, também casaram, logo já possuem novas responsabilidades, já mudaram, logo você não os vê mais. E você? Continua o mesmo? Trabalhando e oferecendo sempre mais do mesmo? Com os mesmos argumentos? Cabe aí a outra reflexão, Em que tempo você está?

Podemos sim, ser tanto visionários, que é um excelente fator motivacional, e também ter aquele toque de conservadorismo que remete à confiança já estabelecida, porém, como tudo que é demais sobra, o ideal é sempre termos a dose de equilíbrio, olhando as constantes mudanças da nossa sociedade e, na medida do possível, nos adequarmos aos novos tempos.

Uma coisa é certa, a tecnologia veio para fazer a diferença na comunicação e nos negócios. Esse é o nosso tempo, Vamos utilizá-lo a nosso favor!